Auto Conhecimento

Auto Conhecimento

Um dos principais fatores para o sucesso de um trader é saber ter controle do que está fazendo, o futebol no caso ou qualquer outro esporte, nós nunca teremos a certeza de qualquer acontecimento, no entanto, o momento de entrada e saída de qualquer operação só depende de uma coisa:

A sua decisão!

Como humanos, a emoção faz parte das nossas vidas sendo elas conscientes ou inconscientes, toda emoção afeta nosso corpo com a liberação de substâncias químicas gerando um comportamento correspondente, agora a questão é:

Será que sabemos exatamente quando essas emoções estão ajudando ou atrapalhando?

Quando você por algum motivo entra no mercado a favor de um time e em um contra-ataque fulminante, inesperadamente leva um gol, levar esse gol certamente irá gerar uma emoção em você, querendo ou não.

Simplesmente irá sentir algo, para quem está iniciando pode haver um sentimento de medo, para outros de pânico por não poder perder o dinheiro, ou até ego por errar, o sentimento estará ali,  e a decisão do próximo passo é somente seu.

Agora como poder minimizar esse sentimento não deixando afetar a próxima entrada?

Então vamos lá, vou dizer a vocês algo particular, como alguns já sabem sou trader em tempo integral, esposo e pai de 2 filhos, no entanto muitas vezes acabo trabalhando com meus dois filhos (um de 8 anos e outro de 6 anos) em casa, fico no escritório e eles pela casa brincando. O trading é algo que exige demais a concentração, a perca dessa concentração certamente te levará a tomada de decisões precipitadas.

Como todo jogo, em meu método de trabalho que consiste no match odds e tentar pegar momentos de gols nos overs, preciso de um tempo para analisar o que está acontecendo, tentar ler para onde o jogo pode ir, analisar como os times estão e aí sim em alguns momentos tomar a decisão de entrar no mercado.

Porém muitas vezes eles, meus filhos, acabavam vindo até o escritório para falar comigo, geralmente algo que o outro irmão teria feito e isso me levava totalmente para fora do jogo e minha concentração ia embora.

No início não me atentava que isso me tirava do jogo, era como se houvesse um rompimento comigo e o jogo, toda aquela concentração e histórico do que estava acontecendo no jogo se ia,  era como se estivesse começando o jogo do zero e normalmente começava a partir desse momento a fazer entradas precipitadas que me levava ao red.

Mas porque isso acontecia comigo?

Porque naquele momento o trader virava pai, virava educador, era como se tivesse que virar uma chave, eu era uma pessoa e em segundos teria que ser outra e em segundos novamente teria que virar trader e me concentrar, e isso eu não conseguia fazer.

Mas como descobri isso?

Os resultados no sábado pela manhã não eram bons, e aí comecei a analisar o porquê, cheguei à conclusão que meu método de trabalho não era o ideal para aquela situação, o método sim era bom e consistente, mas o momento que me gerava emoções e sentimentos por estar sendo pai era extremamente prejudicial aquela forma de trabalho.

Consegui com algumas horas analisando meus números e o que eu sentia naquele momento entender que,  para dar certo eu precisava trabalhar naquele espaço curto de tempo aos sábados de forma diferente, a leitura de jogo teria que ser mais ampla, minha gestão teria que ser bem diferente e o foco teria que ser o mercado de overs e não match odds.

Na realidade não havia problemas, meus filhos não atrapalhavam, eu simplesmente precisava parar e pensar, não era o fator externo que me atrapalhava, mas sim como eu interpretava aquele momento,  gerava em mim uma confusão, como seu no meu interior dissesse:

“Está foda fazer essas duas coisas ao mesmo tempo, como vou poder ser um trader assim?”.

Na realidade era possível sim , mas minha interpretação estava errada, quando percebi que precisava entender o meu papel naquele momento que era, trabalhar, educar por alguns minutos e voltar a trabalhar, tudo ficou muito mais fácil na minha cabeça e a solução veio muito mais rápido ajustando meus métodos.

Claro que seria muito mais fácil colocar a culpa nos meus filhos, talvez momentaneamente me traria um sentimento de não culpa, ou de que tudo estava certo,  no entanto o problema não seria resolvido e os reds continuariam.

Esse é um exemplo simples do meu dia a dia, de como o auto conhecimento me ajudou a ajustar meu método e assim voltar a ser lucrativo nesse período do dia.

Conhecimento para ser um trader é fundamental, mas jamais esqueça do fundamental, se conhecer pode ser sua virada de chave… TENTE!

Pin It on Pinterest